“Não há base jurídica para impeachment de Dilma”

Juristas de todo o Brasil já haviam divulgado em agosto um manifesto em defesa da legalidade democrática e contra o impeachment de Dilma Roosseff.

Agora, com a nova investida do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, em aceitar o pedido de impeachment e abrir o processo na Casa, a Associação Juízes para Democracia reitera o posicionamento contrário ao afastamento da presidenta.

Para o presidente da AJD, André Bezerra, não há base jurídica para o impeachment de Dilma. Reportagem Marilu Cabañas.

Anúncios