30 de abril: Dia do ferroviário no Brasil

Foi em 30 de abril de 1954, que o Brasil ganhou sua primeira ferrovia: a estrada de Ferro Mauá, construída graças ao patrocínio do Barão de Mauá. Este marco oficializou a data como Dia do Ferroviário.

O traçado original de 14,5 quilômetros ligava Inhomirim, base da região serrana do Rio de Janeiro, à Baía de Guanabara. Após a Proclamação da República, a linha teve seu nome alterado para Estrada de Ferro Central do Brasil.

O sistema de transporte de pessoas e cargas sobre trilhos representa uma opção mais barata, segura e sustentável, porém, pouco explorada no País. O retrato disso é o cenário ferroviário atual: malhas destruídas, trens sucateados e estações abandonadas.

É necessário que as autoridades governamentais e direções das empresas públicas e privadas dessa valorosa categoria comecem a olhar para os trilhos. O Brasil tem que se tornar, de uma vez por todas, um País de ferrovia.

A Federação dos Trabalhadores Ferroviários da CUT (FITF/CNTLL/CUT) homenageia o profissional ferroviário pela importante colaboração no desenvolvimento do País.