Festival Caipira levou grande público a aproveitar das coisas simples e não menos sofisticadas de Jaú

 

O Festival Caipira de Jaú se mostra uma excepcional aposta com baixo investimento e mobilização da população jauense e da região em torno dos costumes, música, culinária, turismo, saberes da vida simples que o povo de uma cidade deve cultivar.

Neste ano, dois finais de semana foram interligados por uma semana repleta de atrações e ocupando espaços diversos numa demonstração que o Festival agrada. Tem a competição que premiou no Festival de Música Autoral o jauense Marcos Marques. De São José do Rio Preto vieram  Adriano Reis e Cuiabá, dupla considerada a melhor do Festival de Música Caipira Teixeira Filho.

A prefeitura estima um público de 2 mil pessoas nas atrações. O frio não atrapalhou a cavalgada do Jardim São José ao Pouso Alegre de Baixo, Via Estrada Velha, no domingo (12). O Pouso Alegre de tanta história recebeu excelente público que se fartou da culinária caipira, ao som de muita música.

Acompanhe uma seleção de alguns momentos do Festival Caipira de Jaú  2016:

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Anúncios