Descentralização tenta salvar Jogos Regionais da região de Jaú

Barra Bonita desistiu e depois Pirassununga não conseguiu realizar Regionais

 

Com a desistência do município de Pirassununga de sediar os Jogos Regionais da 3ª Região Esportiva do Estado deste ano, a saída do governo estadual foi a descentralização das disputas pulverizando disputas em diversas cidades.

Problemas financeiros teriam desestimulado a participação das cidades. Em edições anteriores ao menos 50 municípios participavam, enquanto que, neste ano, apenas 25 se inscreveram. Antes da desistência de Pirassununga, Barra Bonita havia desistido.

Jaú poderá pleitear sediar as disputas de  natação, malha, damas, xadrez, judô, karatê, conforme  Rodrigo Luiz Paulino, diretor da Secretaria de Esportes de Jaú. O município interessado em sediar alguma modalidade deve se manifestar até 2 de agosto. A cidade escolhida terá que custear alojamento quando for necessário para as delegações de fora.

A alternativa para modalidades coletivas é fazer as disputas durante a semana à noite, com equipes fazendo bate-volta. As partidas seriam eliminatórias, pelo sistema mata-mata, até se definir o campeão e o vice. “No esporte coletivo, por exemplo, caso do vôlei feminino enfrente Agudos, um sorteio vai definir onde será o jogo. Quem vencer a partida se classifica. O perdedor será eliminado”, acrescenta Paulino.

Anúncios