Prefeitura muda estratégia de combate ao Aedes fixando grupo de agentes em setores

A estratégia da Secretaria de Saúde e Departamento de Zoonose  de Jaú para combater o mosquito Aedes aegypti é fixar grupo de agentes de controle de endemias por setor específico. O trabalho é a eliminação dos focos casa a casa. O Aedes aegypti  é transmissor da dengue, da chikungunya e da zica.

A cidade foi dividida em 4 áreas e cada uma dessas áreas foi dividida em setores. Dentro de cada setor haverá, em datas específicas, grupo de agentes.  Dessa forma, o agente fica fixo num determinado  espaço, será conhecido e reconhecido neste setor como representante autorizado no combate à dengue.

Confira os locais de atuação das equipes por bairros:

 

Setores de combate Aedes

Estratégia de ação contra o mosquito

1) Os pontos estratégicos serão trabalhados a cada 15 dias, a equipe responsável por essa atividades também atenderá as reclamações  de escorpiões, focos de mosquitos.

2) No caso de ocorrer mudanças no cronograma, avisaremos  o setor de comunicação.

3) Os Bloqueios de Criadouro (BCC) serão realizados por uma equipe de agentes de combate a endemias sempre que houver necessidades.

 

Serviço

 

Aos sábados, domingos e feriados, a população deve procurar o Pronto Atendimento do Distrito de Potunduva (que funciona durante 24 horas) e o Pronto Atendimento do Jardim Pedro Ometto (que está atendendo no antigo prédio do Pronto Socorro Municipal, localizado à Rua Rangel Pestana, 821, 7h às 19h)

O Departamento de Zoonose informa que podem ocorrer alterações de cronograma.

Anúncios