Arquibancada do Galo: XV mata Santacruzense e mira Desportivo Brasil

A próxima vítima

O XV de Novembro de Jaú está a 2 jogos de obter o acesso para a Série A-3 do Paulistão 2017 (campeão e vice sobem). Domingo (18), no Jauzão é contra o Desportivo Brasil, na primeira partida da semifinal, às 10h. A volta será sábado (24), às 15h, em Porto Feliz.

Segundona saborosa

O torcedor jauense teve um domingo e uma segundona de primeira. Dezenas de carros e ônibus invadiram Santa Cruz do Rio Pardo lotados de quinzeanos para ver o time de Jaú fazer sua primeira vítima na fase mata-mata da Segundona do Paulistão.  A vítima de domingo (11), a Santacruzense entrou bastante viva porque  jogava em casa precisando somente de um simples zero a zero, para se classificar para a semifinal. XV e Santacruzense entraram em campo sabendo que o adversário seria o time de Porto Feliz, classificado mesmo perdendo do Vocem, em Assis, pela manhã do domingo. Na volta a Jaú, a torcida festejou com a equipe na chegada ao Zezinho Magalhães.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Derrubando a vantagem!

O Galo terá novamente que vencer nesta sequência de mata-mata. O Desportivo Brasil traz melhor campanha, o que já o beneficiou apesar da derrota por 1 a 0 no mata-mata contra o Vocem, domingo (11). No jogo de ida, em Porto Feliz, sábado (3), o Desportivo meteu 3 a 1 e podia perder, na partida de volta, por até 1 gol de diferença que ainda assim estaria na semifinal.

Pra cima Galo

O XV de Jaú não precisou da vantagem para eliminar a Santacruzense nas quartas de final. O Galo da Comarca foi ao estádio Leônicas Camarinha e não tomou conhecimento do time da casa, comandado pelo técnico Carlos Alberto Seixas. Galo 2 a 0. Joãozinho deu um “come” no marcador e bateu cruzado da entrada da área no canto do goleiro Airon, aos 22min da primeira etapa.

Suave em Santa!

Veio o segundo tempo com o Galo se sentindo em casa em Santa Cruz do Rio Pardo. Aos 12min, o zagueiro Héliton, de passagem sozinho na área da Santacruzense, cabeçou cruzamento de falta da intermediária, zona central do campo. Bola no canto alto e sem chance para o goleiro Airon, matando o time de Santa Cruz do Rio Pardo, que jogava por um empate.