Sindicato Calçadista faz corpo a corpo com a população para o Dia Nacional de Greve

Bauru – Na manhã desta sexta-feira (28), o diretor do Sindicato Flávio Coutinho esteve em Bauru panfletando juntamente com outros sindicalistas da subsede de Bauru da CUT/SP.

Flávio promoveu um diálogo com a população enquanto entregava o jornal informativo na tradicional Esquina da Resistência (encontro das ruas Batista de Carvalho com Treze de Maio), no centro de Bauru. Na segunda-feira (31/10), Flávio se une a vários representantes de sindicatos de Jaú para panfletar nas principais fábricas de calçados de Jaú e no terminal de ônibus.

“É uma ação sindical importante para esclarecer os trabalhadores e a população em geral do que vem por aí com a ameaça de perdas de direitos e os prejuízos da PEC 241”, ressalta Flávio.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ele comenta que a panfletagem prepara a população para a realização do Dia Nacional de Greve, marcado para 11 de novembro. O foco principal do corpo a corpo foram as conseqüências para o trabalhador e população em geral da aprovação da PEC 241, denominada PEC do Fim do Mundo, aprovada na Câmara dos Deputados na última quarta-feira. Esta Proposta de Emenda à Constituição do governo Michel Temer (PMDB) congela por 20 anos investimentos em saúde, educação, com a pretensão de fazer um ajuste fiscal.

Jornal

A edição entregue à população do Jornal da Classe Trabalhadora trata de forma simples das perdas de direitos trabalhistas, como a da terceirização, reformas da Previdência e do Ensino Médio.

O jornal trata de maneira crítica os deputados federais da região de Bauru que aprovaram a PEC 241. Entre eles Minton Monti (PR) e Ricardo Izar (PP).

Panfletagem para o Dia Nacional de Greve – 11 de novembro

Segunda, 31/10 –

Principais Indústrias de Jaú (Sétimo Distrito)  e Terminal Urbano de Ônibus

Anúncios