Menos demissões em 2016 aponta equilíbrio na produção de calçados em Jaú

A indústria calçadista de Jaú demitiu em 2016 um número menor de trabalhaores/as do que em 2015. No ano passado perderam emprego 2.550 calçadistas, porém 2.143 foram contratados em Jaú. Já em 2015, foram 3.842 demissões contra 2.902 contratações.

Os números de 2016 refletem a tendência de recuperação da produção, mesmo com saldo negativo de 407 postos de trabalho a menos. Número muito menor do que os 940 postos de trabalho a menos, em 2015. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do governo federal.

O presidente do Sindicato Calçadista Miro Jacintho avalia que a projeção era de um número maior de demissões. “A expectativa era que haveria ainda mais demissões. As empresas seguraram mais”, avalia Miro.

O gráfico abaixo compara o nível de demissões e contratações em Jaú entre 2015 e 2016 e mostra a movimentação do emprego no setor desde 2010.

bolacha-emprego-2016

Anúncios