Nova lei estadual prevê fechamento de postos de combustíveis que fraudam na bomba a quantidade de litros

Fraude tem sido cada vez mais comum

 

– Redação STICJ – Embora pouco usada, desde 2017 está em vigor uma lei que pune os postos de combustíveis que adulteram a qualidade do combustível. O problema é que esta legislação não previa um novo golpe: a adulteração da quantidade do produto.

Uma nova lei, que aborda esta modalidade de crime, Já está valendo para o Estado de São Paulo e prevê o fechamento dos estabelecimentos que forem flagrados com o marcador da bomba medidora adulterada.

A fraude tem se tornado cada vez mais comum. Mesmo desconfiados muitos consumidores têm dificuldade em perceber que foram enganados. Um dos indícios da fraude, segundo especialistas, é quando a quantidade de litros no medidor do posto de combustível não bate com o medidor interno do carro. Mas para ter certeza da fraude, o Instituto de Pesquisas e Medidas de São Paulo, IPEM, alerta que o consumidor deve ficar atento ao manual do carro que especifica quantos litros cabem no tanque. Se o volume vendido pelo posto for maior que o limite de capacidade do tanque, o consumidor deve denunciar, sempre munido de Nota Fiscal. A ouvidoria do IPEM conta com um número específico que é o 0800 013 0522.

Postos de combustíveis 2

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s