Campanha Salarial 2018: Ciclo de assembleias para aprovação da pauta de reivindicações se encerra neste sábado, dia 12

Prioridades para as negociações sobre salário, benefícios e condições de trabalho, foram amplamente debatidas em assembleias realizadas nos locais de trabalho.

Por: Redação STICJ.

 

O Sindicato dos Calçadistas realizará, neste sábado, às 8h30, a última assembleia para a aprovação da pauta de reivindicações da Campanha Salarial 2018. A reunião acontecerá na sede da entidade e todos os trabalhadores e trabalhadoras calçadistas poderão participar.

O presidente da entidade, Miro Jacintho, explica que o Sindicato inovou no formato das assembleias para garantir maior participação na Campanha Salarial. Invés de uma única assembleia, a entidade realizou dezenas delas em diversos locais de trabalho, garantindo grande participação da categoria na definição da pauta de reivindicações. “Conversamos com cerca de 500 trabalhadores em seus locais de trabalho. Muitos participaram pela primeira vez de uma assembleia da Campanha Salarial e tiveram a oportunidade de opinar sobre as principais reivindicações que serão levadas para a mesa de negociação com o sindicato patronal”, relata Jacintho.

Este é o terceiro ano em que a categoria realiza a Campanha Salarial. Em 2016 e 2017, a mobilização garantiu aumento real nos salários e no vale-cesta. Com a reforma trabalhista, a Convenção Coletiva passa a ser mais importante que a própria lei. “A lei 13.467 (reforma trabalhista) estabelece que o negociado vale mais que a legislação trabalhista. Dessa forma, a Convenção Coletiva, negociada pelo Sindicato, é o único instrumento capaz de garantir direitos como piso salarial, reajuste nos salários, vale-cesta, dentre muitos outros”, afirma Flávio Coutinho, diretor do Sindicato.

 

Última oportunidade

A assembleia do dia 12 de maio é a última oportunidade para os trabalhadores opinarem sobre a pauta de reivindicações da Campanha Salarial 2018. “As reivindicações aprovadas pelos trabalhadores serão protocoladas junto ao representante das empresas na próxima semana. A data-base da categoria é 1.º de julho e esperamos o bom senso do sindicato patronal para que as negociações se iniciem o mais rápido possível”, aponta Miro Jacintho.

 

Reforço técnico

Neste ano, o Sindicato contratou uma assessoria específica do DIEESE (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos) para levantar as particularidades econômicas do setor calçadista em Jaú e argumentar as reivindicações dos trabalhadores nas negociações salariais.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s