Sindicato dos Calçadistas negocia Acordos Coletivos por empresa

Aumento real, valorização do vale cesta, PLR e auxílio creche são algumas das conquistas em empresas específicas

Por: Redação STICJ

Após a negativa do sindicato patronal em negociar as reivindicações dos trabalhadores calçadistas, o que levou a decisão sobre a Convenção Coletiva à Justiça do Trabalho, a direção do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Calçados de Jaú está negociando acordos coletivos por empresa.

Segundo o presidente da entidade, Miro Jacintho, tanto patrões quanto os trabalhadores ganham com as negociações. “O Dissídio Coletivo pode resultar em pagamentos retroativos e isso prejudica as empresas, principalmente as menores. Por outro lado,  a espera do julgamento do Dissídio atrapalha a vida dos trabalhadores que poderiam estar recebendo salários com reajustes acima da inflação de 3,31%. A negociação por empresa é totalmente legítima e dentro das normas trabalhistas e trazem maior oportunidade para o diálogo, resultando em relações de trabalho mais consistentes”, explicou o sindicalista.

De acordo com Jacintho, algumas empresas já assinaram Acordo Coletivo oferendo aumento real nos salários e no vale cesta, além de benefícios exclusivos como Participação nos Lucros e Resultados (PLR) e Auxílio Creche. “Estamos buscando novas formas de negociação coletiva que garantam mais qualidade no emprego  da categoria calçadista”, finalizou Jacintho.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s