Mais uma empresa de calçados fecha as portas em Jaú. Trabalhadores estão apreensivos

Cerca de 30 empregados receberam aviso prévio. Fundo de garantia não é depositado há anos

Nesta quarta-feira, 04, o Sindicato dos Calçadistas de Jaú recebeu em sua sede um grupo de trabalhadores preocupados diante de mais uma demissão em massa. A fábrica anunciou o fechamento das portas e emitiu aviso prévio para cerca de 30 trabalhadores, dentre eles, duas trabalhadoras grávidas que gozam de estabilidade no emprego.

Segundo o dirigente do Sindicato, Flávio Coutinho, que conversou com o grupo, a maior preocupação no momento é com o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e INSS. Segundo relatos dos próprios trabalhadores, a empresa não está em dia com estes depósitos. “Tem trabalhador que tem 7 anos na empresa e nenhum tostão depositado no FGTS”, relata Coutinho.

O Sindicato lembra que os trabalhadores devem acompanhar mês a mês os depósitos do FGTS e INSS por meio do Cartão Cidadão ou aplicativo. Em casa de ausência dos pagamentos, devem comunicar o Sindicato imediatamente e não esperar a demissão para relatar a irregularidade”.

Providências

A pedido dos trabalhadores, o Sindicato irá aguardar o período de aviso prévio, mas está monitorando o problema. “Estamos comprometidos em acompanhar o problema e dar toda a assistência necessária para que estes trabalhadores tenham seus direitos garantidos no momento da rescisão do contrato de trabalho. Nosso departamento jurídico já foi acionado e está tomando as precauções necessárias neste caso”, afirma.

Problema recorrente

O fechamento de fábricas de calçados de pequeno e médio porte em Jaú não é novidade. “Muitas vezes o problema não é a crise nas vendas e sim uma manobra dos patrões para se livrar de obrigações trabalhistas e outras dívidas causadas por irresponsabilidade de gestão”, afirma o presidente do Sindicato Miro Jacintho.

O sindicalista relata ainda que o Sindicato acompanhou vários casos em que as empresas fecham sem pagar as verbas rescisórias e em seguida reabrem em nome de outra pessoa, mas na mesma planta e sob o mesmo comando.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s