Campanha Salarial 2020: porque a luta não pode parar!

Mesmo diante da pandemia do novo coronavírus, os trabalhadores/as calçadistas de Jaú precisam realizar a Campanha Salarial 2020 para garantir direitos frente à Convenção Coletiva. As assembleias serão realizadas nos locais de trabalho a partir dessa segunda-feira, 25 de maio,  respeitando todas as recomendações dos órgãos de saúde sobre prevenção ao COVID-19. Confira edital de convocação na íntegra. Continuar lendo Campanha Salarial 2020: porque a luta não pode parar!

Sindicato conquista reintegração de trabalhador com estabilidade legal. Entidade orienta como proceder

Grávidas, vítimas de acidentes de trabalho e trabalhadores em vias de aposentadoria devem ficar atentos Uma decisão da 2.ª Vara do Trabalho de Jaú determinou a reintegração de um dirigente sindical. A Justiça reconheceu que a demissão foi ilegal, por se tratar de um trabalhador com estabilidade por causa do mandato sindical. “Essa vitória foi importante não só sob o ponto de vista das garantias … Continuar lendo Sindicato conquista reintegração de trabalhador com estabilidade legal. Entidade orienta como proceder

Sofreu redução de jornada ou suspensão do contrato de trabalho? Saiba como vai funcionar o pagamento do Benefício Emergencial relacionado ao seguro-desemprego.

Muitas empresas calçadistas aderiram à MP 936 e fizeram acordo de redução de jornada ou suspensão do contrato. Neste caso,  a Medida Provisória prevê o pagamento do BEm (Benefício Emergencial), cujo valor é relacionado ao seguro-desemprego. Portanto não se trata de um benefício novo e sim do pagamento do complemento com base no seguro-desemprego. O que é o BEm (Benefício Emergencial)? É um Benefício Emergencial … Continuar lendo Sofreu redução de jornada ou suspensão do contrato de trabalho? Saiba como vai funcionar o pagamento do Benefício Emergencial relacionado ao seguro-desemprego.

Nem a Covid-19 impediu deputados de aprovar MP que tira direitos dos trabalhadores

MP 905, da carteira verde e amarela, foi aprovada na noite desta terça, no momento em que a classe trabalhadora vive as incertezas de uma das maiores crises econômicas da história Ao invés de proteger trabalhadores e trabalhadoras durante a crise econômica provocada pela pandemia do novo coronavírus, deputados aprovaram, na noite desta terça-feira (14), a Medida Provisória (MP) nº 905, da Carteira Verde e … Continuar lendo Nem a Covid-19 impediu deputados de aprovar MP que tira direitos dos trabalhadores

Bancas: MEI e trabalhadores informais poderão receber auxílio de R$ 600,00. O mesmo vale para calçadistas desempregados. Confira as regras:

Trabalhadores/as em bancas: Tanto proprietários cadastrados como MEI ou trabalhadores informais (sem registro em carteira) terão direito ao benefício, desde que se enquadrem nas regras abaixo: Ser maior de 18 anos Não possuir renda familiar mensal por pessoa de até meio salário mínimo (R$ 522,50) ou renda familiar mensal total de até três salários mínimos (R$ 3.135,00) Não receber nenhum tipo de benefício previdenciário (aposentadoria, … Continuar lendo Bancas: MEI e trabalhadores informais poderão receber auxílio de R$ 600,00. O mesmo vale para calçadistas desempregados. Confira as regras:

Auxílio emergencial de R$ 600 é sancionado, falta começar a pagar. Veja as regras

Bolsonaro sancionou ontem a noite o benefício para informais enfrentarem as medidas de isolamento para conter o Covid-19, mas não disse quando governo começa a pagar. Veja as regras do benefício, que deverá ser pago a partir do dia 10 de abril para quem está no Cadastro Único (CadÚnico) do governo, e no dia 16 para quem não está no cadastro. O Ministério da Cidadania … Continuar lendo Auxílio emergencial de R$ 600 é sancionado, falta começar a pagar. Veja as regras

#Coronavírus: Sindicato fiscaliza demissões e homologações

Para o presidente do Sindicato, algumas empresas estão se aproveitando do momento para dar calote nas verbas rescisórias Nesta segunda-feira, 30, o Sindicato fiscalizou demissões em duas empresas de calçados e constatou manobras dos empresários que buscam não pagar verbas rescisórias. Em uma delas, onde os trabalhadores foram avisados da demissão de forma verbal, a empresa, que continuou operando mesmo após o momento crítico da … Continuar lendo #Coronavírus: Sindicato fiscaliza demissões e homologações

ATENÇÃO! Você que foi demitido/a por causa da crise do #coronavírus, não assine nada antes de ler essas orientações

Muitas empresas estão demitindo de forma precipitada e irresponsável.  Em muitos casos, elas se utilizam do discurso do coronavírus para não pagar verbas rescisórias. Leia com atenção estas orientações do Sindicato: 1) A empresa é obrigada a pagar as verbas rescisórias? Sim. A empresa é obrigada a pagar (no ato da rescisão) todos os direitos como férias e 13.º proporcionais; multa de 40% sobre o … Continuar lendo ATENÇÃO! Você que foi demitido/a por causa da crise do #coronavírus, não assine nada antes de ler essas orientações

Até o momento, Jaú lidera número de mortes suspeitas pelo coronavírus na região

Cidade tem maior índice que Bauru Uma matéria publicada na edição dessa quarta-feira, 25, no Jornal da Cidade de Bauru, coloca Jaú em número 1 em mortes suspeitas por coronavírus na região. A cidade contabiliza 3 mortes, uma a mais que Bauru, maior cidade da região central do Estado. As mortes de pacientes com sintomas do coronavírus estão sendo analisadas pelo Instituto Adolpho Lutz. Na … Continuar lendo Até o momento, Jaú lidera número de mortes suspeitas pelo coronavírus na região

Sindicato patronal também orienta empresas para que afastem trabalhadores do grupo de risco

Esta e outras medidas estão em post publicado na página oficial do Sindicalçados na segunda-feira, 23 Com o título “Comunicado sobre procedimentos preventivos para o Coronavírus”, o Sindicato que representa as empresas de calçados de Jaú, Sindicalçados, reproduziu uma séria de recomendações para os empresários como forma de minimizar os riscos de contágio nos locais de trabalho. As orientações são de um comitê de gerenciamento … Continuar lendo Sindicato patronal também orienta empresas para que afastem trabalhadores do grupo de risco