Confira calendários de depósitos e saques das 4ª e 5ª parcelas do auxílio de R$ 600

Caixa inicia, a partir desta quarta, depósitos de 4ª e 5ª parcelas para quem recebeu a 1ª em abril, 3ª, 4ª e 5ª para quem recebeu a 1ª em maio; e 3ª, 4ª e 5ª para quem recebeu a 1º em junho A Caixa divulgou os calendários de pagamentos e saques das 4ª e 5ª parcelas para os trabalhadores e trabalhadoras informais, MEIs e desempregados … Continuar lendo Confira calendários de depósitos e saques das 4ª e 5ª parcelas do auxílio de R$ 600

Ministro da Economia de Bolsonaro defende redução do valor do auxílio de R$ 600

Em audiência da Comissão Mista de Medidas Relacionadas ao Coronavírus, na Câmara, Guedes defendeu parcelas menores nos próximos meses, afirmando que o país empobrece com benefício de R$ 600 O governo de Jair Bolsonaro (ex-PSL) deve anunciar nesta terça-feira (30), a prorrogação do auxílio emergencial por mais três meses, mas com valores menores do que o aprovado pelo Congresso Nacional. Deputados e senadores aprovaram o … Continuar lendo Ministro da Economia de Bolsonaro defende redução do valor do auxílio de R$ 600

Cadastro do auxílio emergencial de R$ 600 começa a ser feito pelos Correios

Quase três meses após as críticas das falhas no aplicativo e dificuldades de quem não tem celular nem internet, governo decide que Correios farão cadastro do auxílio emergencial. Veja como fazer O atendimento para fazer o cadastro para receber o auxílio emergencial de R$ 600,00 (R$ 1.200 para mães chefes de família) para quem não conseguiu acessar o pedido pela internet teve início nesta terça-feira … Continuar lendo Cadastro do auxílio emergencial de R$ 600 começa a ser feito pelos Correios

CORONACRISE: Em todo o país, setor calçadista já demitiu 32,8 mil trabalhadores. Dados são da Abicalçados

Quase 33 mil trabalhadores e trabalhadoras calçadistas perderam seus empregos entre os meses de março a maio desse ano, em todo o país. Os dados fazem parte de um levantamento feito pela Associação Brasileira das Indústrias de Calçados, Abicalçados. Mas, para o Sindicato dos Calçadistas de Jaú, o impacto pode ser ainda maior. “Existem muitos trabalhadores calçadistas que atuam na informalidade e estes são ainda … Continuar lendo CORONACRISE: Em todo o país, setor calçadista já demitiu 32,8 mil trabalhadores. Dados são da Abicalçados

Sindicato conquista reintegração de trabalhador com estabilidade legal. Entidade orienta como proceder

Grávidas, vítimas de acidentes de trabalho e trabalhadores em vias de aposentadoria devem ficar atentos Uma decisão da 2.ª Vara do Trabalho de Jaú determinou a reintegração de um dirigente sindical. A Justiça reconheceu que a demissão foi ilegal, por se tratar de um trabalhador com estabilidade por causa do mandato sindical. “Essa vitória foi importante não só sob o ponto de vista das garantias … Continuar lendo Sindicato conquista reintegração de trabalhador com estabilidade legal. Entidade orienta como proceder

Sofreu redução de jornada ou suspensão do contrato de trabalho? Saiba como vai funcionar o pagamento do Benefício Emergencial relacionado ao seguro-desemprego.

Muitas empresas calçadistas aderiram à MP 936 e fizeram acordo de redução de jornada ou suspensão do contrato. Neste caso,  a Medida Provisória prevê o pagamento do BEm (Benefício Emergencial), cujo valor é relacionado ao seguro-desemprego. Portanto não se trata de um benefício novo e sim do pagamento do complemento com base no seguro-desemprego. O que é o BEm (Benefício Emergencial)? É um Benefício Emergencial … Continuar lendo Sofreu redução de jornada ou suspensão do contrato de trabalho? Saiba como vai funcionar o pagamento do Benefício Emergencial relacionado ao seguro-desemprego.

Bancas: MEI e trabalhadores informais poderão receber auxílio de R$ 600,00. O mesmo vale para calçadistas desempregados. Confira as regras:

Trabalhadores/as em bancas: Tanto proprietários cadastrados como MEI ou trabalhadores informais (sem registro em carteira) terão direito ao benefício, desde que se enquadrem nas regras abaixo: Ser maior de 18 anos Não possuir renda familiar mensal por pessoa de até meio salário mínimo (R$ 522,50) ou renda familiar mensal total de até três salários mínimos (R$ 3.135,00) Não receber nenhum tipo de benefício previdenciário (aposentadoria, … Continuar lendo Bancas: MEI e trabalhadores informais poderão receber auxílio de R$ 600,00. O mesmo vale para calçadistas desempregados. Confira as regras:

Auxílio emergencial de R$ 600 é sancionado, falta começar a pagar. Veja as regras

Bolsonaro sancionou ontem a noite o benefício para informais enfrentarem as medidas de isolamento para conter o Covid-19, mas não disse quando governo começa a pagar. Veja as regras do benefício, que deverá ser pago a partir do dia 10 de abril para quem está no Cadastro Único (CadÚnico) do governo, e no dia 16 para quem não está no cadastro. O Ministério da Cidadania … Continuar lendo Auxílio emergencial de R$ 600 é sancionado, falta começar a pagar. Veja as regras

#Coronavírus: Sindicato fiscaliza demissões e homologações

Para o presidente do Sindicato, algumas empresas estão se aproveitando do momento para dar calote nas verbas rescisórias Nesta segunda-feira, 30, o Sindicato fiscalizou demissões em duas empresas de calçados e constatou manobras dos empresários que buscam não pagar verbas rescisórias. Em uma delas, onde os trabalhadores foram avisados da demissão de forma verbal, a empresa, que continuou operando mesmo após o momento crítico da … Continuar lendo #Coronavírus: Sindicato fiscaliza demissões e homologações

ATENÇÃO! Você que foi demitido/a por causa da crise do #coronavírus, não assine nada antes de ler essas orientações

Muitas empresas estão demitindo de forma precipitada e irresponsável.  Em muitos casos, elas se utilizam do discurso do coronavírus para não pagar verbas rescisórias. Leia com atenção estas orientações do Sindicato: 1) A empresa é obrigada a pagar as verbas rescisórias? Sim. A empresa é obrigada a pagar (no ato da rescisão) todos os direitos como férias e 13.º proporcionais; multa de 40% sobre o … Continuar lendo ATENÇÃO! Você que foi demitido/a por causa da crise do #coronavírus, não assine nada antes de ler essas orientações